segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Requisitos mínimos...

Imaginem que vêem um rapaz lindo de morrer e que esse rapaz vem meter conversa convosco.
A conversa corre bem, os temas são banais e por fim surge a pergunta:
- Então e onde é que vai ser a passagem de ano?
Vocês respondem com um sorriso que vão para o Funchal ver o fogo-de-artifício, que vai ser lindo e espectacular e que estão super entusiasmadas e que vai ser a melhor passagem de ano de sempre e estão à espera que ele responda qualquer coisa banal como "sim, realmente é fantástico" ou "ouvi dizer que é um sítio lindo" mas... não é isso que ouvem. Em vez de isso ele sai-se com:
- Funchal? aííííí deu-me uma branca... onde é que isso fica?
Meio a medo (não vá o rapaz estar a ter um AVC ou uma coisa assim do género) respondem:
- Madeira... ilhas...
Ao que ele diz:
- AH!!! Estava a pensar que era no Alentejo...
E pronto. Talvez ele seja mais direccionado para a matemática...

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Brilhante

O palhaço

O palhaço compra empresas de alta tecnologia em Puerto Rico por milhões, vende-as em Marrocos por uma caixa de robalos e fica com o troco. E diz que não fez nada. O palhaço compra acções não cotadas e num ano consegue que rendam 147,5 por cento. E acha bem.

O palhaço escuta as conversas dos outros e diz que está a ser escutado. O palhaço é um mentiroso. O palhaço quer sempre maiorias. Absolutas. O palhaço é absoluto. O palhaço é quem nos faz abster. Ou votar em branco. Ou escrever no boletim de voto que não gostamos de palhaços. O palhaço coloca notícias nos jornais. O palhaço torna-nos descrentes. Um palhaço é igual a outro palhaço. E a outro. E são iguais entre si. O palhaço mete medo. Porque está em todo o lado. E ataca sempre que pode. E ataca sempre que o mandam. Sempre às escondidas. Seja a dar pontapés nas costas de agricultores de milho transgénico seja a desviar as atenções para os ruídos de fundo. Seja a instaurar processos. Seja a arquivar processos. Porque o palhaço é só ruído de fundo. Pagam-lhe para ser isso com fundos públicos. E ele vende-se por isso. Por qualquer preço. O palhaço é cobarde. É um cobarde impiedoso. É sempre desalmado quando espuma ofensas ou quando tapa a cara e ataca agricultores. Depois diz que não fez nada. Ou pede desculpa. O palhaço não tem vergonha. O palhaço está em comissões que tiram conclusões. Depois diz que não concluiu. E esconde-se atrás dos outros vociferando insultos. O palhaço porta-se como um labrego no Parlamento, como um boçal nos conselhos de administração e é grosseiro nas entrevistas. O palhaço está nas escolas a ensinar palhaçadas. E nos tribunais. Também. O palhaço não tem género. Por isso, para ele, o género não conta. Tem o género que o mandam ter. Ou que lhe convém. Por isso pode casar com qualquer género. E fingir que tem género. Ou que não o tem. O palhaço faz mal orçamentos. E depois rectifica-os. E diz que não dá dinheiro para desvarios. E depois dá. Porque o mandaram dar. E o palhaço cumpre. E o palhaço nacionaliza bancos e fica com o dinheiro dos depositantes. Mas deixa depositantes na rua. Sem dinheiro. A fazerem figura de palhaços pobres. O palhaço rouba. Dinheiro público. E quando se vê que roubou, quer que se diga que não roubou. Quer que se finja que não se viu nada.

Depois diz que quem viu o insulta. Porque viu o que não devia ver.

O palhaço é ruído de fundo que há-de acabar como todo o mal. Mas antes ainda vai viabilizar orçamentos e centros comerciais em cima de reservas da natureza, ocupar bancos e construir comboios que ninguém quer. Vai destruir estádios que construiu e que afinal ninguém queria. E vai fazer muito barulho com as suas pandeiretas digitais saracoteando-se em palhaçadas por comissões parlamentares, comarcas, ordens, jornais, gabinetes e presidências, conselhos e igrejas, escolas e asilos, roubando e violando porque acha que o pode fazer. Porque acha que é regimental e normal agredir violar e roubar.

E com isto o palhaço tem vindo a crescer e a ocupar espaço e a perder cada vez mais vergonha. O palhaço é inimputável. Porque não lhe tem acontecido nada desde que conseguiu uma passagem administrativa ou aprendeu o inglês dos técnicos e se tornou político. Este é o país do palhaço. Nós é que estamos a mais. E continuaremos a mais enquanto o deixarmos cá estar. A escolha é simples.

Ou nós, ou o palhaço.


Mário Crespo
14.12.2009

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Parabéns Francisco

O Francisco fez no sábado 5 aninhos. Foram 5 anos de vitórias, cinco anos de muita luta mas também de muitos sorrisos.
O Francisco (ou Kiko, como ele prefere) já foi a mais médicos e psiquiatras e psicólogos e terapeutas da fala nestes 5 aninhos dele do que a maior parte de nós em toda uma vida.
O Kiko é autista.
O Kiko tem 5 anos e só agora começou a construir frases. E a grande parte delas têm de ser arrancadas a ferros porque no mundo dele ele não precisa de falar. Ele gosta muito de festas e no sábado estava mesmo mesmo mesmo feliz, porque finalmente chegou a festa dele. De manhã quando liguei para casa dos meus tios e pedi para falar com ele ouvi do outro lado do telefone a vozinha dele completamente excitado a dizer "Olá Pima". E disse-o tão bem... no ano passado não seria capaz de o dizer assim. Para ser melhor ainda perguntei-lhe quantos anos é que o Kiko fazia e ele respondeu logo "O Kiko faz cinco". Depois começou a falar numa linguagem que já não era a minha mas deu para perceber que ele pousou o telefone num sítio qualquer e foi brincar.
Pela primeira vez o Kiko teve os amiguinhos da escola lá em casa e eu sei que ele gostou. Não foram todos os que ele queria. Na realidade foram convidados 8 e só 3 é que foram (e uma delas era a sobrinha da psicóloga que o acompanha). Às vezes penso que os pais devem ter medo. Mas se assim é só pode ser porque não conhecem o Kiko, porque ele é mesmo um doce. Nem sempre deu muita atenção aos amiguinhos, porque o Kiko é assim e está muitas vezes com a cabeça noutro sítio, mas quando os "via" brincava com eles e chamava-os pelos nomes. E dizia coisas como "A Matinha é tão quida"... e ria e pulava e dizia a todos "Quantos anos tens? O Kiko faz 5 anos".
Nestas alturas todos nos preocupamos com o futuro do Kiko. A Carolina ainda não fez 3 anos e já o ultrapassou há muito tempo na comunicação.
Como é que vai ser daqui a uns anos? Será que ele vai poder fazer a escolaridade normal? Será que ele vai ao menos aprender a ler? Que vai conseguir ser independente?
Ninguém sabe. Mas eu sei que o Kiko é um menino especial. Porque o Kiko sabe as letras todinhas e as desenha como ninguém e mais nenhum menino na turma dele sabe. Porque o Kiko consegue desenhar melhor do que eu (não que isto seja um grande elogio, mas enfim...). Porque o Kiko tem um sorriso lindo que enche uma sala e tem vindo a crescer, não só em tamanho mas também como pessoa. Porque mesmo sem falar o Kiko tem amigos. Porque quando pergunto à Carolina quem é o melhor amigo dela ela nem tem de pensar e diz logo com um sorriso de orelha a orelha que é o Kiko. Porque o Kiko sabe ver vídeos no youtube mesmo sem conseguir ler. Porque o Kiko já sabe a música toda da festa de natal de amanhã e eu sei que mesmo sem dizer muitas palavras como deve ser o Kiko vai ser o menino mais bonito do grupo e o mais afinadinho. E quando lhe baterem palmas no final, vai começar a saltar e a rir, porque palmas é sinónimo de festa e festa é o que o Kiko mais gosta.
O Kiko é o melhor afilhado que eu podia ter porque também me faz crescer.
Parabéns Kiko (eu sei que daqui a uns aninhos ainda vens aqui ler isto. Mas sem pressas, tens todo o tempo que precisares, ao teu ritmo);)

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Natal

A minha avó mandou-me hoje um calendário daqueles para contar os dias até ao natal. Daqueles que se dá às crianças para elas comerem um chocolatinho por dia.
O meu calendário não só tem 24 chocolatinhos todos para mim como ainda por cima é da branca-de-neve!!! A sério!!!
É daqueles rituais que duram anos e anos. Eu sei que quando tiver 30 anos, se a minha avó ainda puder, ainda me vai dar um calendário destes, com a bela adormecida ou com a cinderela...
Adoro!

E o melhor é mesmo receber o calendário já dia 8, para poder comer logo 8 chocolates no mesmo dia! (sim, porque daqui para a frente eu respeito muito! Um chocolatinho por dia e dentes lavados logo a seguir!)

sábado, 5 de dezembro de 2009

De volta*

Bem, estou de volta. Para quem ainda se interrogava sobre o porquê da minha ausência, é muito simples: quando voltei das maravilhosas férias de que falei no post de baixo, feliz e contente, escrevi um lindo texto para publicar aqui. Escrevi, escrevi, escrevi... falei das noites de Party & company até às tantas da manhã, do Bowling, da praia, do Sol, da piscina, do Karaoke caseiro, da discoteca caseira, dos jogos de ténis, do concerto dos Xutos e da MARIA, das nossas lindas figuras todas e quando carreguei no botãozinho "Publicar mensagem" o blogspot refilou, disse que tinha ocorrido um erro e que não conseguia publicar o meu texto. E o meu texto desapareceu para sempre. E eu fiquei chateada com o blogspot. Porque estive séculos a escrever o texto e no final foi como se não tivesse escrito nada. Entrámos numa guerra, a ver quem é que cedia primeiro, se era eu a voltar a escrever ou o blogspot a mandar-me um e-mail a pedir as mais sinceras desculpas mas não deu em nada. Acabei por perder eu porque a Morce fez chantagem comigo e disse que enquanto eu não escrevesse outra vez ela também não escrevia mais. Raio da miúda, só porque me leva a conhecer Arroios já deve achar que tem algum direito! Mas como eu gosto de ler o blog da Morce e faz parte da minha rotina diária ler a quantidade monstruosa de textos que ela publica por hora, tive de ceder.
Em suma: estou de volta, irei dando umas novidades de vez em quando. Para já limito-me a informar-vos de que o meu fim-de-semana vai ter 5 dias (isto não é para fazer inveja a ninguém... não...) :)



*Morce, agora cumpre a tua parte ou acabaram-se os pequenos-almoços em Arroios:p

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Adeusinho


Durante 5 ou 6 dias vamos para aqui. 4 babes. E vai ser um espectáculo! Praia, piscina, jogatanas até às tantas, passeios... E começa logo amanhã com um concerto dos Xutos... e mais não digo, para não vos deixar (mais) roídos de inveja.
Uma pessoa tem de aproveitar, certo? É que já só tenho mais um mês de férias...


quinta-feira, 27 de agosto de 2009

É instantâneo...

... assim que chego perto da minha antiga escola de condução começo a andar a 30km/h...

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Volteiiiiiii

Pois que após 3 semaninhas no Algarve estou de volta.
Lá não tinha acesso à internet (só muito raramente) e por isso não deu para vir aqui escrever nem para ir ver o que se passava nos outros blogs que costumo visitar dia sim dia sim. Assim, quando cheguei e me deparei com todos os vídeos e textos que as pessoas do workshop fizeram, quando revi(vi) todo aquele trabalho que fizemos ao que parece ter sido um milhão de anos, até veio uma lagrimita ao olho (sim hugo, a culpa é tua).
Desde que voltei tem sido uma correria para todo o lado. É praia, é piscina, é lanches, é almoços e jantaradas... E domingo, ao que parece lá irei acampar (eu... a acampar... nunca aconteceu, não fazia parte dos planos, mas vai ser GIRO:D)
O dia de hoje também é especial porque... nasceram as minhas duas princesas mais pequeninas!
Parabéns para elas, que finalmente têm nome, e para os papás;)

sábado, 1 de agosto de 2009

A estreia

Depois de um ensaio geral que podia ter corrido bem melhor, com brancas e falta garra, com muitos nervos à mistura, o grande momento.
As cortinas abriram, e a partir desse momento foi deixar o espectáculo correr. E que espectáculo!
Modestia à parte, mas fomos GRANDES, GIGANTES até. Quer dizer... eu não sei. Só ouvia o espectáculo a decorrer bem escondidinha por detrás das cortinas.
Não me enganei nas minhas falas. Ninguém se enganou. Foi Perfeito!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Prémio!!!!

Este é um dos grandes momentos da vida deste blog. O PRIMEIRO PRÉMIO!!! Palminhas para o blog, que tem todo o mérito (sim, o mérito só pode ser dele, porque eu quase não escrevo aqui):) A quem mo deu (não ponho o link porque me pediram para não o fazer) um grande OBRIGADA;)

Regras para receber o selo:
1) Exibir a imagem do selo, que acaba de ganhar.
2) Postar o link do blogue de quem a indicou (muito importante).
3) Indicar 10 blogues de sua preferência. Avisar os seus indicados (não esquecer) e publicar as regras.
4) Conferir se os blogues indicados repassaram o selo e as regras.

Quanto aos 10 blogs que considero merecedores do selo, aqui vai a lista sem qualquer ordem de importância:
  1. O Blog da Alexandra
  2. O Blog da Morce
  3. O Blog da Sofia
  4. O Blog do Hugo
  5. O Blog da Kataró
  6. O Blog da Buttafly
  7. O Blog do Victor
  8. O Blog da Pipoca mais doce
  9. O Blog da Nostálgica
  10. O Blog da Incógnita que me deu este prémio

Quando acabar de escrever o relatório de estágio logo notifico os sortudos, sim?

De amanhã

Amanhã é O grande dia. Dia de muitos nervos, de superstições, de ouvir um raspanete de última hora, dia de jantar que não vai descer... amanhã é dia de estreia!!!
O texto está sabido por todos e interpretado.
O público vai ser bom, muito embora não vá conseguir ter lá algumas das pessoas que gostaria mesmo que fossem, mas outras oportunidades virão.
As câmaras estão a postos!
Agora é fazer figas e como diz o Victor, "temos espectáculo"!

sexta-feira, 24 de julho de 2009

De hoje

Estão a imaginar um grupo de jovens algures entre os 15 e os 21 anos? Agora imaginem esse mesmo grupo a correr no jardim a levar mangueiradas todo vestido. E agora imaginem-nos numa cave a fazer karaoke e a dançar aos saltos músicas que ouviam quando andavam na primária (sim, é mesmo das spice girls que estou a falar).
Então se estiverem a imaginar mesmo bem, neste momento estão a rebolar a rir no chão com as nossas lindas figuras. Não irei publicar aqui os vídeos porque acho que poderiam até causar ataques epiléticos a quem seja mais sensível. Por isso contentem-se por nos imaginar nestas figuras a tarde toda.
Enquanto isso eu vou só ali decorar o texto para segunda. Não que não tenhamos trabalhado nele intensamente hoje, quase mesmo até ao ponto de alguns terem esgotamentos e crises nervosas, mas pronto... é só mais um bocadinho.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Já merecia um postzinho...

O workshop de teatro já começou e, dado que é um dos tempos do ano de que mais gosto já merecia um lugar aqui no blog.
Este ano ando a correr entre o estágio no centro de saúde (que está a correr bem e é muito giro e venham de lá mais destes) e os ensaios (que têm sido mais giros ainda).
A peça é um Desafio GIGANTE para todos: um Drama de Garcia Lorca (por enquanto ainda é só risota, mas acho que quando começarmos a pegar na peça a sério ainda vai ser capaz de me arrancar uma lagrimita).
O grupo é cinco estrelas, tal como no ano passado. O pessoal que entrou de novo já está como se estivesse em casa e o pessoal mais velho está ainda mais parvo do que no ano passado, por isso este ano a peça promete.
Quem quiser convites para assistir nos dias 31 e 1 à brilhante exibição pode pedir-mos. Há uma forte probabilidade de eu cair em palco, muito embora o Hugo não vá contracenar comigo este ano, por isso aproveitem a oportunidade:p

domingo, 12 de julho de 2009

Balanço do fim-de-semana

Após um fantástico fim-de-semana de praia no Algarve consegui acabar as duas primeiras literaturas de verão. Coisas simples, que agora a cabeça precisa é de desanuviar.








Simples, divertido e bem ao estilo a que a pipoca nos tem habituado. A companhia ideal para ter na toalha de praia enquanto se apanha um bom escaldão nas costas.



Confesso que estava a morrer de curiosidade para lê-lo pois para mim a autora revelou-se uma grande surpresa enquanto pessoa. Tive o privilégio de a conhecer pessoalmente este ano e estou com ela quase todas as semanas. Quando a vi pela primeira vez fui "de pé atrás" cumprimentá-la. As conversas que tenho tido com pessoas do nosso jet-set têm sido experiências que tenho evitado repetir. Desde compararem crianças a cães, já tenho visto de tudo.


Este livro é, no fundo, um relato da experiência de vida de uma mulher que, mais que não seja pelas revistas, todos conhecemos. A Bibá Pitta tem 5 filhos, sendo que a filha do meio tem trissomia 21.


Neste livro estão registadas algumas das batalhas pelas quais esta família tem passado, num tom descontraído, divertido e frenético, como só a Bibá poderia ter. Um livro que nos deixa a pensar mas que acima de tudo nos deixa com um sorriso nos lábios pois é, acima de tudo, uma prova do amor que une esta família.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

A brincar aos médicos (literalmente)

Entrei agora em época de brincar aos médicos, que é como quem diz, estou em estágio.
Tenho um horário pesadíssimo de 4 horas por dia (tadinha de mim que nem sei como vou aguentar esta carga horária), num serviço muito calminho, desde que não entre ninguém com gripe A pelas portas adentro.
Este primeiro dia foi um espectáculo. Tenho um cacifo só para mim, passeio-me pelo hospital de bata branca e estetoscópio ao pescoço qual gente grande da Anatomia de Grey, todos os doentes e visitas se dirigem a mim como senhora doutora e eu quase me rebolo a rir no chão (mas não os engano, explico logo que estou no primeiro aninho e que qualquer empregada da limpeza do serviço sabe mais de prática clínica do que nós).
Passo o dia (aquelas 4 horas mais rápidas do mundo) a correr atrás da enfermeira que coitada me tem de aturar a fazer 2000 perguntas por minuto (eu não tenho culpa que nas aulas não nos expliquem o que é um tubo de Mayo (não faço ideia se se escreve assim) nem que ninguem nos tenha dito que a Colchicina serve para o mesmo que o Allopurinol).
Já conheço os pacientes quase todos da unidade pelo nome e causa de internamento. Já deu para ver um bocadinho de tudo, até uma rapariga da minha idade que levou um tiro que atravessou o pulmão todo, entrou pelo peito e saiu pelas costas. Já vi doentes terminais e doentes que não querem ir para casa apesar de já estarem bons e até conseguem piorar de propósito só para não terem de ir para casa porque lá ficam sozinhos.
E isto ainda é só o primeiro dia.

Another year has gone byyyyyyy

Este f-d-s foi de festa cá por casa.

Família toda junta, grande churrascada, horas de piscina...

É que eu já vou para o 2º ano da faculdade, o M. já vai para o 11º ano, o T. já vai para o 2º ciclo, o F. passou para a sala dos 4 anos e a C passou para a cama de gente grande, a caminha de grades já lá vai!
Gente crescida esta...

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Muito provavelemente

Sou a única madrinha de crisma que consegue entornar a vela por cima do vestido.
E muito provavelmente também devo ser a única a quem o vestido começa a levantar-se (com o vento) à porta da igreja.
Devo estar cheia de pecados!

Perguntinha

T: Prima... porque é que queres ser médica? É que sabes... estive a pensar e ser médica não é uma coisa lá muito fixe... porque é que não queres ser bombeira ou polícia?

E as mini (micro)-férias já acabaram... mais uma semaninha de estudo nada fixe

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Lição nº1

Nunca, nunca mas mesmo nunca vir a ser médica de amigos.
Nem é pelas borlas.
É mesmo porque fica bastante mais complicado quando temos de dar más notícias.

domingo, 21 de junho de 2009

1º dia de semi-férias

Hoje foi o meu primeiro dia de semi-férias. Semi porque ainda estou à espera de resultados de 2 exames e não me vou pôr a estudar já para a segunda fase porque com a sorte com que tenho andado, ainda passo aos dois! Além disso, já estou oficialmente no 2º ano pois já fiz o número mínimo de créditos para passar, mesmo que com uma grande desgraça chumbasse nestes dois que me falta receber.
Assim sendo, neste fim-de-semana não conto fazer nada que tenha a ver com estudo ou medicina. Nem sequer a minha querida "Anatomia de Grey" vou ver.
De manhã fui fazer um pouco de exercício físico ao sol (leia-se: fui apanhar um escaldãozito nos ombros e cara). Fui para longe, só mesmo para poder andar um bocadinho na auto-estrada e poder acelerar um bocadinho mais do que é costume, que é uma coisa de que gosto mesmo. À tarde convidei uma colega da faculdade para vir passear para os meus lados. Fiz uma fantástica visita guiada por estes lados, fui para a piscina completar o bronze e à noite fui ver a Mariza. Nunca a tinha visto ao vivo. É mesmo ESPECTACULAR. Aquela voz... aquela presença em palco... francamente bom. Confesso que lá tive um ou outro momento de lagrimita no canto do olho, que o Fado é assim mesmo, mas a noite foi de festa, de saltos, danças e muita cantoria.
Gosto mesmo das minhas semi-férias.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Perder tempo

Estou no pico da época de exames (é essa a minha boa desculpa para não vir aqui escrever parvoices). O pior é que parece que quanto mais coisas tenho para fazer mais coisas arranjo para não as fazer.
Por exemplo, hoje tinha de estudar para um teste que vou ter amanhã. Coisa simples, só tenho de ter pelo menos 7 e estou safa. Ora, isto ainda desmotiva mais uma pessoa!
Acordei ainda antes das 8 mas só me sentei para começar a estudar às 10:30. Lá planeei o estudo. "De manhã vejo até aqui, à tarde a outra parte que falta". As horas vão passando, vão-se fazendo uns intervalos pelo meio. Fazem-se 2 chamadas, mandam-se umas 30 mensagens, lêem-se os blogs do costume e dá-se um saltinho a um ou outro que por qualquer motivo lá chamou a atenção. Vêem-se uns vídeos no youtube, lêem-se umas notícias, porque uma pessoa tem de estar informada, e o livro de histologia aberto em cima da secretária.
Hora de almoço. Comer rápido rápido rápido para ir estudar. Acabo de ver a matéria planeada para de manhã e... hora de pausa. Desta vez é tempo de ir ver o site da comissão de curso e consultar o e-mail institucional, não vá o professor de histologia decidir mandar um e-mail a dizer que afinal em vez de 500 páginas de matéria são 700. Felizmente o senhor não teve essa ideia e lá pude voltar ao estudo.
Toca o telefone. É uma daquelas pessoas com quem não falamos há meses. Conversa puxa conversa e lá se passam mais 20 minutos. Desligo e digo para mim mesma que "é agora!". Lá começo a ler aquela matéria super interessante com uma fúria gigante para despachar aquilo... e vou abrandando... abrandando... cada vez mais devagarinho... até que já estou a dormir em cima da secretária. No entanto foi por pouco tempo, isto porque tocou o telefone outra vez. Era um convite para ir para a praia que lá se transformou em mais uns 20 minutinhos de conversa.
De volta ao estudo. Lá se avançou mais qualquer coisa até que toca o telefone outra vez. Era o F. "Joaninha, sim.... olha, desde que te devolvi o GPS já tentaste pô-lo a funcionar? Não? Ah, pois é que comigo ele funcionou no primeiro dia mas depois deixou de funcionar, fiquei com medo de te ter estragado isso..." Pronto, lá fui ver o que se passava com o raio do GPS e não funciona mesmo. E quem me conhece sabe que sem GPS tenho sérias dificuldades em chegar ao fim da rua sem me perder.
Enfim, de mau humor estuda-se melhor e lá me voltei a sentar. De repente olho para o chão. Está sujo. Vou a correr buscar a Swiffer para limpar o chão quarto. E já que estou "com a mão na massa" limpa-se também o quarto do M, o hall e as escadas.
E pronto, por fim, lá me sentei a estudar até à hora de jantar.
Agora, para perder mais um bocadinho de tempo vim escrever aqui ao blog. Contudo, para quem esteja mais preocupado, a matéria está toda vista. Amanhã de manhã, até aos 2 minutos antes de o teste começar dá-se uma revisão geral que isto com um bocadinho de pressão em cima funciona muito melhor.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

sexta-feira, 5 de junho de 2009

E...

15
Oral de anatomia arrumada;)

terça-feira, 2 de junho de 2009

Percebo que já não sou criança...

... quando passo o dia da criança inteiro a olhar para genitais.

[oral de anatomia na 6ª]

terça-feira, 26 de maio de 2009

Sempre pertinente

No outro dia estavamos a almoçar e enquanto isso falava-se da Susan Boyle (o grande fenómeno do Britain's got talent, etc etc etc...).
Acontece que a senhora disse que nunca na vida (e já tem 47 anos) beijou alguém.
E enquanto se especulava sobre o assunto a minha mãe disse que leu qualquer coisa sobre ela ter feito um voto de castidade.
Resposta do meu irmão:
"Que estupidez! E o que é que ela ganha com isso?"

Pronto, aqui pode nem ter muita piada, mas dito à mesa com os meus pais foi o suficiente para eu quase cair da cadeira a rir.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

And it's all coming back to me now

Dantes não era estranho, mas agora é.
E dantes não era difícil, mas agora é.
E agora está tudo igual ao que era dantes...

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Mundo à parte

Jo: Bora estudar?
F: Bora! Quem é que se despe hoje?

Jo: Professor, na oral vamos ter de nos despir para fazer os gestos básicos?
Prof: Depende do que eu lhe pedir para fazer... se tiver de fazer auscultação ou um ECG... mas se for ao médico não se despe?

Às vezes penso que esta malta de medicina não é muito boa da cabeça... mas enfim, o que é que se há-de fazer...? Oral de fisiologia... já está, e vestidinha;)

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Nada mais giro...

...do que ir ao médico e constatar que se ele fosse fazer a nossa oral de fisiologia estava automaticamente chumbado ao fim de 2 minutos de consulta.

sábado, 25 de abril de 2009

A minha afilhada

A minha futura “afilhada” é um espectáculo porque está a estudar Medicina em Espanha e embora só tenha tido direito a uns mini-feriados em Portugal veio logo a correr para visitar a futura “madrinha”.
Eu adoro a minha futura “afilhada” muito mais desde que não tenho de ter aulas de espanhol com ela, porque curiosamente nessa altura quase nem falávamos.
A minha futura “afilhada” é uma querida porque, embora seja ela a afilhada, me vai emprestar as sebentas maravilha de bioestatística que se usam para os lados de Valladolid.
A minha querida futura “afilhada” vem para a minha faculdade para o ano porque não consegue viver tão longe de mim (faz de conta), mas mesmo que não venha, há-de ser sempre a minha afilhada.
Tenho dito!

terça-feira, 21 de abril de 2009

Do ginásio

"ok, pessoal, já queimámos 900 kcal... sabem o que são as calorias, certo? Aqueles bichinhos que durante a noite vão aos nossos armários e apertam a roupa toda!"

Uma semana

Pois é, e já só falta uma semana para o momento mais importante do ano para os estudantes da minha faculdade. Não, não vai começar a época de exames, não também não vamos ver mais cirurgias... Não vamos ter livros atrás e está absolutamente proibido o tema: estudo.

E aqui está o plano:





Olimpíadas de Medicina
09Praia da Rocha
29 de Abril a 3 de Maio

TEMAS DAS FESTAS

"Olympic Colors Party"
"Mostra a cor do teu ano"
Dress Code: Branco (1º ano)

"Porcas & Parafuso"
"Vem descobrir com quem enroscas" (meeeeedddooooooo)
Dress Code: Azeiteiro(a)

"Super-Heróis"
"SUPERa-te nestas Olimpíadas"
Dress Code: O teu Super-Herói favorito

Tropical Party
Procura o teu exotismo
Dress Code: Caliente
E depois não me venham cá dizer que a malta de medicina só sabe marrar... depois dá-nos para isto, LOUCURA!!!
E era mesmo disto que eu estava a precisar;)

quarta-feira, 15 de abril de 2009

:D

Só para dizer que isto vai ficar mais perigoso. A I. já está quase a poder passear-se por aí de carro sem qualquer controlo porque passou ontem na condução. Aproveitem bem estas últimas semanas em que ela ainda não recebeu a carta porque depois... depois não me digam que não avisei!

Parabéns I. :)

segunda-feira, 13 de abril de 2009

De volta

Voltei! Mais branquinha do que fui (fui com um lindo escaldão na cara que já desapareceu). ´
A praia só a vi uma vez e foi quase à distância porque o tempo não ajudou.
De resto, as minhas férias passaram-se entre livros de anatomia e histologia. Muito bom, não haja dúvida...
QUERO AGOSTO!!!!!!!!!!!!!!!!

terça-feira, 7 de abril de 2009

Até Sábado...

Vou só ali ver se ganho uma corzinha de lagosta:p

Saudade

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Piadinhas

O meu amigo I. é o meu fornecedor de anedotas sem piadinha nenhuma, daquelas francamante más... Mas porque eu sou uma rapariga simpática vou partilhar convosco as que me acordaram no outro dia:

Qual o contrário de nuvem?
R: Vestido vai!!!

Era uma vez um homem com um queixo tão grande tão grande tão grande que um dia... queixou-se (sim, a anedota acaba aqui).

Um homem rouba sinos da igreja e mete-os no forno. Qual é o nome do filme?
R: Assa sinos!!! (hahaha)

Era uma vez um cão com uma pata de borracha. Um dia coçou-se e... apagou-se!

2 mercados vão na rua. Um deles levantou voo. Sabes qual era?
R: O super-mercado!

Porque é que as loiras tomam banho de capacete?
R: Porque ouviram falar na água das pedras!

Qual é o cúmulo da tempestade?
R: Em vez de cairem raios caem diâmetros!

E pronto, é assim que se fazem horas a fio de transportes públicos. Digam lá que não estão a rebolar no chão a rir! Não?

domingo, 5 de abril de 2009

E porque já tinha prometido

Ontem foi dia de


Um autêntico "dicionário das mulheres":p

Sinceramente

Nestes últimos dias alguém me pôs um post-it nas costas a dizer conselheira matrimonial?

Nota pessoal

Mudar urgentemente as músicas do meu iPod

sábado, 4 de abril de 2009

Questão de perspectiva

A MR tem mais um ano do que eu. A MR jogava na minha equipe de futsal e era uma excelente guarda-redes. A MR é uma excelente companhia, muito embora já tenha perdido conta ao tempo a que não estou com ela. Descobri ontem que a MR tem leucemia.

Assim sendo, que problemas é que eu tenho?

Já tenhoooooooooooooo

Finalmente, consegui! Já tenho o meu lindo relógio e tal como já tinha dito fica-me mesmo bem:)


Mãe: "Não preferes antes levar este fio tão giro com um coração partido?"
Não, obrigada mãe... fico-me mesmo pelo relógio, não preciso de fios desses:)

sexta-feira, 3 de abril de 2009

Post piegas e lamechas nº200853

"Agarras a minha mão
com a tua mão
e prendes-me a dizer
que me estás a salvar.
De quê?
De viver o perigo.
De quê?
De rasgar o peito.
Com o quê?
De morrer,
mas de que paixão?
De quê?
Se o que mata mais é não ver
o que a noite esconde
e não ter
nem sentir
o vento ardente
a soprar o coração..."

Mafalda Veiga, Balançar

Lembrei-me agora

"It takes half the total time you went out with someone to get over them."

Sexo e a Cidade
Ah, então é esse o problema...

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Eu vinha aqui

escrever que tenho umas amigas espectaculares, que tive uma jantarada fantástica ontem, com montes de palhaçada pelo meio, noite anti-gajos em que não se falou nem um bocadinho (cof cof cof) deles, que elas até me ofereceram um ovo de chocolate com um peluchinho... quando me deparei com isto.

ADOREI

São ou não são um espectáculo?:)

P.S.: Babe S, foi "worth it" e não há "regrets" quase nenhuns:) há-de passar, prometo que mais uns tempinhos e seco, até porque agora já estou cheia de chocolate, por isso fica tudo muuuuito mais fácil.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

"E mesmo um Tudo que hoje é assim, maiúsculo e infinitamente grande, amanhã pode ser menos que nada, migalhas que nos fazem sonhar com o bolo todo"
Já não vai passar...

sexta-feira, 27 de março de 2009

Nó na garganta...


Já vai passar...

Nunca, mas mesmo nunca deixem o melhor para o fim

Tudo se passou ontem à tarde. Estava no bar da faculdade a lanchar com as minhas colegas e a discussão altamente intelectual surgiu: "qual das partes da torrada comer primeiro: a parte do meio ou a parte da côdea" (experimentem ter 12 horas de aulas num dia com testes lá pelo meio e vão ver se não começam a discutir intelectualidades destas).
Eu, altamente defensora de que se deve deixar sempre a tira do meio para o fim (afinal é a parte melhor) estava altamente empenhada a defender a minha teoria. A JP defendia que não, que o ideal era comer logo a parte do meio.
A dada altura eu disse uma piada (não me perguntem o que foi porque sinceramente não me lembro. Quem me conhece sabe que não sou o melhor exemplo de pessoa "engraçada"). Resultado: A JP lançou um jacto de compal pelo nariz (a piada deve ter sido mesmo boa) e claro que este acertou em cheio na parte da torrada que eu com tanto cuidado estava a guardar para o final.
Aprendam: nunca deixar o melhor para o fim...

quinta-feira, 26 de março de 2009

Querooooooooooooo


É que deve ficar-me mesmo bem... é das joaninhas!
Um dia destes ainda me decido a comprá-lo...
Aiai... swatch... a quanto obrigas...
Adoro

Não foi uma...

Nem duas... mas sim 3 cirurgias!!! (Na realidade foram só duas e meia mas assim até faz mais inveja):)

Ontem passei a manhã toda no bloco operatório. Vi dois casos de pneumotórax, tive quase autênticas orais de anatomia feitas pelos cirurgiões fantásticos que me perguntaram tudo e mais alguma coisa de que se pudessem lembrar e ainda consegui infiltrar-me um bocadinho numa cirurgia cardíaca daquelas meeeeeeesmo complicadas. Devo ter aprendido mais de anatomia naquela manhã do que no semestre passado inteiro, que isto de ver as coisas "a sério" é mesmo diferente de ver nos livros.

Deram-me roupas daquelas descartáveis e até parecia uma médica a sério.

"Se te sentires mal-disposta ou tonta avisa e sai logo do bloco, que ontem houve uma colega tua que caiu aqui redonda no chão e ainda se magoou." Não senti nada. A excitação era tal que se não fosse pela RGA que ia ter a seguir tinha lá passado o dia a ver operações. Quando acabava uma lá me convidavam para ficar na seguinte e só à 3ª é que consegui dizer que já não podia ficar mais.

Regra número 1: NUNCA mentir aos cirurgiões. É-se logo apanhado. Ao 2º miúdo do pneumotórax perguntaram-lhe se ele fumava. Não, claro que não fumava, nunca, jamais, em tempo algum... Claro que assim que vimos os lindos pulmões do rapaz aquilo não tinha margem para dúvidas. Todos salpicados de manchas pretas. Espertinho:p

E para a semana lá vou eu outra vez, ai vou vou:)

segunda-feira, 23 de março de 2009

DRAGON BALL


Isto foi A parte mais importante de toda a minha primária. Eu, os rapazinhos todos de cabelo espetado, as bolas de cristal, a nuvem mágica... E VEM PARA O CINEMA!!!

E eu vou ver e quero estar nas primeiras filas! (mas não digam a ninguém):p

domingo, 22 de março de 2009

Gran Torino


Grande filme, para rir e para chorar. Excelentes actores e excelente história.
Quanto à ausência prolongada, os motivos são vários, entre os quais falta de tempo, muito trabalho, muito estudo e muita diversão e acima de tudo, o facto de estar demasiado feliz para escrever:)
P.S.: O primeiro semestre já lá vai e ficou tudo feitinho;)
P.S.2: 4ª feira vou assistir a uma cirurgia cárdio-torácica. A minha primeira cirurgia e vai ser logo em grande. Ver serrar um esterno, costelas a serem afastadas, um coração a bater ali mesmo à minha frente... já estão com inveja? Prometo que se não cair para o lado logo ali no bloco operatório venho aqui dar mais uns pormenorzinhos (ou pelo menos dizer que não caí para o lado).
P.S.3: JÁ SEI DAR PONTOS!!!:D

sábado, 7 de março de 2009

Finalmente

Arranjei tempo para ir ao cinema ver o grande filme dos Oscars.

Gostei. Acho que acima de tudo este filme distingue-se pela originalidade, pela banda sonora, pelos cenários e pela capacidade de nos transportar ao que a Índia tem de pior na sua realidade.
Recomendo!

quinta-feira, 5 de março de 2009

Flashback


Hoje, enquanto arrumava o meu quarto, que uma boa parte das férias precisa de ser dedicada a isso, encontrei alguns álbuns antigos (do tempo em que ainda se faziam álbuns).
As fotografias que mais chamaram a minha atenção foram sem dúvida as do carnaval de quando era pequenina. Todos os anos era a mesma coisa. O meu “namorado” ficava a dormir em minha casa, no meu quarto e com o consentimento dos meus pais porque éramos pequeninos e não fazia mal. De manhã eu acordava sempre primeiro e começava aos saltos na cama dele até ele se chatear comigo e dizer que já não queria ser mais meu “namorado”. Depois a minha tia ia lá a casa e ajudava-nos a vestir. E então, eu e o João deixávamos de ser Power Rangers (porque nós éramos Power Rangers em full time) e eu ficava uma princesa e ele um pirata. Claro que no final do dia ele já não se importava que eu tivesse saltado na cama dele de manhã e já éramos “namorados” outra vez. E depois lá nos voltávamos a encontrar uns bons meses depois nos aniversários um do outro e para as trocas de presentes no natal e uma ou outra vez por acaso.
Tinha tudo para ser um namoro sólido… eu com 4 anos, ele com 7… futuro promissor… até ao dia em que ele saltou no sofá da minha avó com os sapatos calçados… não é coisa que se faça à frente de uma princesa!
Imagem daqui

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Dia dos Namorados

Hoje é dia de escrever sobre o dia dos namorados, simplesmente porque é dia dos namorados.
É mais uma coisa que se deve fazer só porque é dia dos namorados. Tal como comprar flores, oferecer presentes, escrever cartões, dizer que se ama alguém… E eu não tenho nada contra. A sério que não. Acho muito bem que se ofereçam flores e presentes e cartões e tudo o resto. Só não percebo é qual é que é a necessidade que algumas pessoas têm de esperar por este dia para fazer estas coisas. Não podia/devia ser mais como o natal e ser “quando o Homem quer”?

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

O chato de ter de estudar para os exames

é mesmo não poder ir às jantaradas e às festas e às saídas e ao cinama e ao teatro e ter de ficar (quase) enclausurada em casa. Mas já está quase a acabar. (E depois vou ter férias e dormir até tarde e ver séries e ir a jantaradas e festas e saídas e cinemas e teatros enquanto todos os outros vão estar a trabalhar hahaha)
E este post é só mesmo para dar os parabéns à minha amiga mais pequenina q faz hoje 16 aninhos:)
Parabéns K!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Countdown


Anatomia
Bioquímica
Células
Dúvidas
Ética
Fisiologia
Glicoproteínas
Histologia
Isómeros ópticos
Joana
Kinases
Lípidos
Metabolismos

Neuroanatomia
Ossos vormianos
Plexos
Queratinização
Raios-X
Sebentas
Trócleo-bicôndilo-meniscartrose
(vá, agora sem se engasgarem)
Únguis
Vómer
Xantina
Zigomático-facial


Prometo que volte assim que a minha vida volte a ser normal, sim?:)

sábado, 24 de janeiro de 2009

Fairy tales

"At the end of the day faith is a funny thing. It turns up when you don't really expect it. It's like one day you realize that the fairy tale may be slightly different than you dreamed. The castle, well, it may not be a castle. And it's not so important happy ever after, just that its happy right now. See once in a while, once in a blue moon, people will surprise you , and once in a while people may even take your breath away."

Grey's Anatomy, S01, E08

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Gosto de...

A vantagem de ter a minha secretária num autêntico caos é que de vez em quando encontro coisas giras entre os meus apontamentos, por exemplo, isto:





E depois, claro. Livros de lado e toca de pensar no que é que eu gosto.

Gosto de falar. Gosto de rir. Gosto de estar com os amigos. Gosto de noitadas de jogos. Gosto de jantaradas. Gosto de noites de babes. Gosto de cinema. Gosto de teatro. Gosto de poesia. Gosto de estar bem acompanhada. Gosto de gozar. Gosto de ser irónica. Gosto de presentes originais. Gosto de mimos. Gosto de beijos. Gosto de beijinhos e gosto de beijões. Gosto de "sorrisos parvos". Gosto de dizer que gosto de alguém. Gosto que me peçam ajuda. Gosto que me digam “obrigado”. Gosto de estudar as coisas de que gosto. Gosto do meu curso. Gosto dos meus colegas. Gosto do cheiro dos hospitais. Gosto de chocolate quente nas noites frias. Gosto de camisolas com carapuço. Gosto que me digam “é segredo”. Gosto de palavras fortes e de sentimentos fortes. Gosto de dizer “amo-te”. Gosto de dizer “quero-te”. Gosto de fotografias. Gosto de sms. Gosto de sms às 3 da manhã. Gosto de olhares. Gosto do msn. Gosto de fazer karaoke. Gosto de cantar no chuveiro. Gosto de jogar futebol. Gosto de ir ao ginásio. Gosto de experimentar coisas novas. Gosto de jogar ténis às 6 da manhã. Gosto de fazer pinos e rodas na praia às tantas da noite. Gosto de puffs na praia. Gosto de dizer parvoices. Gosto de ler e sublinhar livros. Gosto de ler blogs. Gosto de ler capas de revistas. Gosto de postais. Gosto de e-mails. Gosto de cartas. Gosto de pessoas que assobiam enquanto andam. Gosto de ver séries. Gosto de "filmes de gaja". Gosto de musicais. Gosto de filmes da Disney. Gosto de pipocas. Gosto de bolachas. Gosto de surpresas. Gosto dos meus primos. Gosto do meu irmão. Gosto de cor-de-rosa. Gosto de viajar. Gosto de museus. Gosto de concertos. Gosto de passear. Gosto de me perder. Gosto de conduzir. Gosto do meu GPS. Gosto de andar de comboio. Gosto de andar de metro. Gosto de ver o mar. Gosto de ter a cabeça na lua. Gosto de fazer as coisas bem. Gosto que me digam que fiz as coisas bem. Gosto de dizer "bom dia" o dia todo. Gosto de elevadores. Gosto de escadas de emergência. Gosto de impulsos. Gosto de explicações. Gosto de coisas que não sei explicar.

(e quer-me parecer que ainda me vou lembrar de mais umas coisinhas)

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Eu tenho a certeza de que há um truque qualquer...

... para andar o dia todo de collants sem as rasgar!

E um dia ainda o vou descobrir:)

sábado, 10 de janeiro de 2009

Yuppy!!!

Vá, eu sei que já estão todos muito ansiosos por saber e que já nem dormiram bem esta noite por ainda não saberem nada, mas eu digo-vos: PASSEI!!! A oral de anatomia está feita e até com uma nota “jeitosinha”, como disse a assistente. Por isso hoje vou sair! Apanhar sol (mesmo com este frio), passear, fazer compras, vou ao ginásio e com sorte ainda vou ao cinema. Vou almoçar fora, lanchar fora, jantar fora, tudo menos estar em casa, porque já estou farta! E vou fazer isto tudo com um sorriso parvo de todo o tamanho, porque estou mesmo feliz!:D