quarta-feira, 28 de abril de 2010

Como é que não havemos de acabar o curso doidos???

O problema não é o número de anos de curso, a dificuldade das matérias, a competitividade, os prazos apertados, as dificuldades de gestão emocional, a carga horária, não, nada disso. É mesmo ter professores que dizem coisas como:

"De tal maneira que, por exemplo, por brincadeira, há um suicídio que nós podemos todos praticar, eu vou suicidar-me parando de respirar. Tentem-no fazer! Não vão conseguir, mas tentem, tentem, vai ser giro. Não quero respirar, eu vou-me matar, eu vou-me matar, eu vou-me matar! Ela não me liga, eu vou-me matar. Tentem; é giro!"

A sério... nós bem que tentamos preservar a nossa sanidade mental, mas ao fim de 6 anos disto as coisas dificultam-se mesmo...:p

5 comentários:

A minha essência disse...

Abre um buraquinho na parede e grita! Grita bem alto que o stress irá passar!

Beijos :)

AnaZaida disse...

Um professor a precisar de cuidados mentais lol

Morce disse...

ó Joana, eu acho que devias tentar. Se ele diz que é giro, é professor, é porque sabe.
Tenta lá pá.

Meio Cheio disse...

Giro era ele tentar e conseguir xD

Beijinho*

Soph!a ღ disse...

WTF?? lololololol Os meus têm uma tendência diferente...e sendo assim, prefiro os q tenho...lolololol