segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

O problema de estudar no computador

Abro o chat. Ele está lá.
Desligo o chat. Falo? Não falo. Tenho de estudar.
Oiço mais um som cardíaco. Já o conheço de cor. Tu-turum, tu-turum, tu-turum. Descrevo.
Abro o chat. Ele ainda está lá.
Falo? Não falo. Tenho de estudar. Não é boa altura.
Fecho o chat.
Oiço mais um som. Daqueles esquisitos. Tum-pffff-turum-click e coisas afins. Descrevo.
Decido: Vou falar. Abro o chat.
Ele não está lá.
E volto aos sons.

6 comentários:

A Minha Essência disse...

Risos... entendo, mas nestas situações temos que agir de impulso senão fica-se assim... aguada! :P

Beijo

Morce disse...

ahahaha

Sara disse...

Lol pareces eu algumas vezes :)

Jo disse...

Querida Essência,
Talvez tenhas razão:)
Saroka, é um mal comum do género:p
Morce, que raio de comentário pá!

VernizVermelho disse...

ahaha já me aconteceu algumas vezes isso ! x)

Jo disse...

Cara Verniz Vermelho, parece ser um problema comum:p
Volta sempre;)
Beijinhos